Caça aos traficantes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar de Pernambuco (PM/PE) prenderam 11 pessoas ligadas ao tráfico de drogas e a assaltos e homicídios realizados na região do Sertão de Pernambuco, hoje pela manhã, na cidade de Santa Maria da Boa Vista, município distante 617 quilômetros da capital, Recife.

As prisões são consequência da ordem de 15 mandados de busca e apreensão expedidos pela juíza de direito da Comarca de Santa Maria da Boa Vista, Ângela Mesquita de Borba Maranhão, que teve como base informações colhidas pelos serviços reservados do 5 BPM e da PRF.

De acordo com os policiais que participaram da operação, as pessoas foram presas em flagrante em suas casas ou estabelecimentos comerciais onde escondiam revólveres, espingardas, armas artesanais, munições e materiais utilizados no fabrico de outras armas de fogo e de mais munições.

Toda a operação contou com 38 policias, sendo 13 Policiais Militares, 25 Policias Rodoviários Federais, divididos em nove viaturas.

Houve ainda o apoio aéreo do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal e de cães do canil, também da PRF.

Os detidos foram encaminhados para a delegacia de Policia Civil de Santa Maria da Boa Vista-PE, juntamente com os objetos apreendidos,
onde foram autuados em fragrante por posse ilegal de armas, munições, e artefatos para o fabrico de armas artesanais e munições, crimes previstos
e regulamentados pela Lei 10.826/2003, o Estatudo do Desarmamento.

Balanço

Material apreendido:
· 5 espingadas;
· 3 revolveres cal.38;
· 18 municoes de cal.38;
· 21 recipientes de polvora;
· 35 kg de chumbo para municao;
· 59 estojos de diversos calibres;
· 300 espoletas.

Pessoas presas em flagrante:
· Francisco Gomes, 36 anos;
· Maria da Soledade Silva, 47
· Posidonio Saraiva, 40;
· Antonio Lourenco Gomes, 53;
· Antonio Nonato de Souza, 42;
· Evandro Martins Oliveira, 37;
· Wedson Martins Oliveira, 33;
· Erivaldo dos Santos, 25;
· Ismac da Silva Santos, 19;
· Marilene da Silva Santos, 20;
· Sebastiao Manoel de Souza, 60.

Fonte: Folha de Pernambuco.

Deixe uma resposta