Bares abrem, apesar da proibição

A sexta-feira santa, segunda após a lei seca, foi normal em alguns estabelecimentos de vendas de bebidas alcoólicas. Alguns bares não abriram, porém outros comercializaram bebidas normalmente. A noite na Avenida Raul Pereira Amorim, principal ponto de encontro de consumidores de bebidas, os estabelecimentos funcionavam a pleno vapor as 18 horas. Várias mesas estavam lotadas de pessoas com um litro de vinho ao centro. Cerveja também era vista. Mesmo nesta rua alguns bares obedeceram a lei como o Bar do Japa e o Madeira do Norte que mantiveram suas portas fechadas durante todo o feriado.

A lei, que é de autoria do veredaor Marcílio Pires, foi promulgada em 2007 e proibe a venda de bebidas alcoólicas no feriado da sexta-feira santa. No ano passado os bares fecharam mas este ano houve uma flexibilização da fiscalização.


O Bar de Neilson não abriu as portas

Deixe uma resposta