Prefeitura de Tabira convocará mais aprovados em concurso para preencherem vagas na Segurança e Saúde

O momento é de muita expectativa para os aprovados no último concurso promovido pela prefeitura de Tabira que esperam pela convocação para assumirem seus cargos de direito.

A boa notícia foi dada pelo secretário de Administração, Dr. César Pessoa, durante entrevista ao Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, nesta terça-feira (22).

Para os que aguardam na área da Segurança Pública, o secretário disse que já estão na iminência de publicar um novo decreto chamando os aprovados que estão à espera do curso de formação.

Sobre a Saúde, o secretário falou que tem áreas que estão descobertas, seis ao todo, e quatro vagas estão sendo ocupadas. As duas que faltam, no Bairro Vitorino Gomes, serão chamadas até o fim do mês.

O secretário afirmou que o governo está priorizando os que ficaram na classificação do processo seletivo. “Quem de fato está lá nas primeiras colocações, estão sendo integrados nas áreas descobertas”, disse César.

Quem ficou acima das vagas não será convocado e, segundo o Dr. César, o município está cumprindo o que diz a lei federal que impede, até o dia 30 de dezembro desse ano, por conta da pandemia, atos que venham a aumentar cargos e dotação orçamentária.

Secretário de Administração de Tabira reforça a proibição de fogueiras e fogos e diz que contará com a educação do povo

O Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, ouviu nesta terça-feira (22), o secretário de Administração da prefeitura de Tabira, o Dr. César Pessoa, sobre o decreto municipal que trata a questão da proibição de fogueiras e fogos na zona urbana e povoados do município neste São João e São Pedro.

Além das prevenções atuais que todos os governos estão seguindo para conter o avanço da disseminação do novo coronavírus, outra coisa que baseou a atual gestão nesta decisão foi dar cumprimento a uma lei já existente que foi aprovada em 2020 sobre esse assunto.

Para dar cumprimento ao que diz o decreto, o Dr. César disse que será montada uma força tarefa envolvendo o Ministério Público, Vigilância Sanitária, Diretoria Epidemiológica e Guarda Municipal para somar força com a Polícia Militar na fiscalização na cidade e nos povoados de Campos Novos, Brejinho, Arara e Borborema.

O secretário reconheceu que não há como fazer a fiscalização na zona rural, visto que trata-se de uma área muito extensa e por essa razão não está proibido o acendimento de fogueiras e soltura de fogos nessas áreas, desde que os protocolos sejam respeitados.

“No perímetro urbano a gente pede a educação para que as pessoas respeitem as que estão em isolamento e doentes. Não estamos no momento de festejo. Vejo com preocupação, a guarda vai ter muito trabalho, mas o momento é de reflexão”, disse o secretário.

Deputado tabirense vota por uma lei de improbidade administrativa mais branda

Se existe uma das coisas que ainda freava alguns agentes públicos era a Lei de Improbidade Administrativa. Ela dispõe sobre as sanções aplicáveis a eles nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional.

Numa convocação rápida para votar, a maioria esmagadora da Câmara dos Deputados votou pelo afrouxamento da lei. Entre os que votaram por esse entendimento está o deputado federal de Tabira, Carlos Véras (PT).

A principal mudança prevista pela proposta é a punição apenas para agentes públicos que agirem com dolo, ou seja, com intenção de lesar a administração pública. Críticos do projeto afirmam que ele afrouxa demais a regra e promove a impunidade de corruptos.

Falando ao Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, nesta segunda-feira (21), Carlos Véras disse que, ao contrário do que muitos pensam, o projeto não servirá para promover a impunidade, mas sim justiça em muitos casos.

E citou como exemplo: “se o gestor recebeu um recurso para comprar carteiras, mas o teto da escola está prestes a cair e ele usa o dinheiro para reparar o teto, é justo que ele seja punido por isso? Qual seria a prioridade nesse caso?”

Em nota sobre licitação de veículos, governo municipal fala em locações fantasmas e manipulação em cartões de combustível na gestão passada

A prefeita Nicinha Melo se manifestou hoje, através de sua assessoria de comunicação, sobre a denúncia de valor exorbitante de R$ 2,5 milhões para alugar veículos este ano.

A nota diz que o município de Tabira não dispõe de frota própria de veículos em quantidade necessária ao atendimento das demandas municipais.

Por essa razão, é necessário a locação de caminhonetes, carros de passeio, caminhões pipas, caminhões compactadores, caminhões tipo caçamba e van para atender as secretarias de Obras, Educação, Saúde, Agricultura e Gabinete.

A nota não deixa de atacar a gestão passada do prefeito Sebastião Dias e diz que as licitações de locação de veículos no governo do poeta são caso de profunda investigação dos órgãos internos e externos de controle, com fatos sendo apurados em esfera policial.

Ainda segundo a nota, a principal licitação do setor da gestão anterior está sendo objeto de auditoria, já tendo sido constatado que o contrato com a empresa vencedora foi renovado de maneira irregular por cinco anos.

A nota fala também em locações fantasmas, possível manipulação em cartões de combustíveis, falta de comprovação de serviços de borracharia, manutenção de veículos, aquisição de peças e pneus para veículos de terceiros, entre outras irregularidades.

Autor do tiro acidental que matou a irmã se apresenta na Delegacia de Tabira

O jovem de 23 anos, autor do disparo que atingiu e matou sua irmã Maria Mikaeli Pereira Avelino, de 20 anos, se apresentou na delegacia de Tabira na tarde desta segunda-feira (21) acompanhado dos advogados Dr. Klênio Pires e Dr. Flávio Marques.

Após prestar depoimento ao Dr. Cley Anderson, titular de Tabira e que investiga o caso, o jovem, que alegou disparo acidental, foi liberado.

Relembre o caso: uma brincadeira indevida acabou em tragédia na Cidade das Tradições. Maria Mikaele, 20 anos, foi morta com um tiro disparado acidentalmente pelo próprio irmão.  Felipe Alves, de 23 anos, estava manuseando a arma quando ocorreu o disparo de forma acidental.

Informações indicam que Felipe não sabia que a arma estava carregada, foi brincar com a irmã, mirou e disparou. O incidente foi no Bairro da Cohab.

A vítima foi levada de imediato para Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto, porém não resistiu.  A Policia Militar e Civil foram chamadas ao local.

O Instituto de Criminalística foi ao local e o corpo foi levado ao IML de Caruaru. O sepultamento deve ocorrer hoje.

O caso foi registrado na Delegacia de Tabira e o irmão, indiciado por homicídio culposo, sem intenção de matar, ou por dolo eventual, por ter assumido o risco de matar a irmã com a brincadeira. O caso está sendo investigado pelo Delegado Cley Anderson.

Em decreto, governo de Tabira proíbe fogueiras e fogos na zona urbana

Seguindo o entendimento de muitos municípios da região, a prefeitura de Tabira emitiu o decreto nº 033/2021 que trata sobre o acendimento de fogueiras.

Considerando a atual situação do município em tempos de pandemia, fica proibido no perímetro urbano e nos povoados a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampido e de artifício de efeito sonoro ruidoso.

Fica permitido fogueiras na zona rural do município desde que sejam seguidas as recomendações de evitar aglomerações, podendo apenas entre pessoas da família e sendo respeitado o número máximo de 10 pessoas.

Prefeita Nicinha vai trocar nome da fachada da prefeitura de Tabira

Na gestão passada esse tema já foi alvo de muita polêmica quando o governo do prefeito Sebastião Dias resolveu resgatar na história o nome dado ao prédio pelo então prefeito João Cordeiro. Os documentos oficiais mostram que era “Paço 31 de março”.

Atualizado na gestão passada para “Palácio 31 de março”, a polêmica se deu porque houve a ligação do nome à data do golpe militar, página negra da história do Brasil.

Decidiu-se, então, que trocaria “março” por “dezembro”, mês e data em que realmente Tabira foi emancipada de Afogados da Ingazeira. E assim todos foram felizes…mas não para sempre.

Agora, sem explicação, a prefeita Nicinha Melo enviou para a Câmara dos Vereadores, e esta já aprovou nos dois turnos, mais uma mudança de nome. Sai “Palácio 31 de dezembro” e ficará “Prefeitura Municipal João Cordeiro da Silva Neto”.

No município existe uma lei que não permite a duplicidade de homenagens em logradouros, praça e prédios públicos municipais. O ex-prefeito João Cordeiro já recebeu sua merecida homenagem. Sendo assim, ou a gestão desconhece a lei ou a mudança é somente uma questão de ego. Se for só uma questão de ego, a prefeita já pode comemorar, ela conseguiu desmanchar o que o outro fez.

Cimpajeú atende chamado da CDL Tabira e vai se reunir com CDLs da região

Diante do novo decreto do Governo do Estado que desautoriza o funcionamento de alguns estabelecimentos, a CDL Tabira encabeçou uma série de protestos para chamar atenção das autoridades da região no sentido de fazê-las entender que o comércio não é o vilão nessa pandemia.

O Cimpajeú, consórcio de prefeitos do Pajeú e Moxotó, foi uma das entidades provocadas a sentar e ouvir as angústias que também vivem os comerciantes.

Nesta terça-feira (15), a direção da CDL Tabira se reuniu com o prefeito da Ingazeira, Luciano Torres, que também preside o consórcio. No encontro ficou decidido que será marcada uma data para uma reunião entre o Cimpajeú e outras CDLs da região.

Falando em nome de todas essas entidades, a direção da Câmara de Tabira adiantou alguns pontos que irão nortear o encontro quando acontecer. São eles:

> Ações e reforço de pessoal, por parte do Estado, para conter as aglomerações em chácaras e eventos clandestinos;

> Aumento da testagem de pessoas, principalmente as que foram positivadas ou tiveram contatos com suspeitos.

> Melhor acompanhamento de pessoas positivadas para cumprirem devidamente o isolamento;

> Leis e punições reais para as pessoas que descumprirem os protocolos;

> Vacinação das pessoas que estão nas atividades que não pararam e demais seguimentos do comércio.

“O nosso apelo está começando a ser ouvido por algumas autoridades. Vamos avançando e vencendo juntos, esse é o objetivo de todos nós”, disse Jackson Amaral, presidente da CDL Tabira.

Prefeitura de Tabira convoca 4 candidatas do concurso público para nomeação

Através do edital de convocação de posse 003/2021, a Prefeitura de Tabira atendeu aos ofícios 025, de 14 de abril de 2021, e 0227 de 16 de abril de 2021 do setor de Atenção Básica e secretaria municipal de Saúde, respectivamente, para convocação de novos aprovados em concurso público no município.

Destinados a prover cargos de Agente de Combate às Endemias e Agente Comunitário de Saúde, foram convocadas para nomeação Elizabete Luiz Angelos da Silva Moura, Poliana Bezerra Amaral, Nilva Rocha Lopes e Everlania Marcolino de Lima.

As convocadas deverão comparecer à secretaria municipal de Administração até o dia 23 de junho do corrente ano, no horário das 8h às 12h, munidos dos documentos originais e cópias autenticadas em cartório.

População apoia comércio enquanto protesto ganha corpo, em Tabira

O assunto dominante na imprensa neste início de semana está sendo, sem dúvida, a mobilização que a CDL Tabira e o comércio local estão fazendo em redes sociais e aplicativos de mensagens contrários ao novo decreto do Governo do Estado que desautoriza o funcionamento de boa parte dos estabelecimentos.

O protesto ganha corpo nas fachadas das lojas através de faixas que sinalizam o descontentamento com o fechamento e a favor das vacinas. Na manhã desta segunda-feira (14), a população se mostrou solidária aos comerciantes.

O Programa Radar da Cidade, da Rádio Cidade FM, fez uma enquete junto aos seus ouvintes querendo saber se eles achavam que o comércio seria o vilão nessa pandemia. Para 80%, o comércio não tem culpa.

NOTA DE AGRADECIMENTO

GEDSC DIGITAL CAMERA

Olá meus caríssimos leitores do Blog Tabira Hoje. Venho através desta nota comunicar a vocês a minha saída deste valioso veículo de comunicação e formação de opinião. Atendendo aos pedidos de muitos amigos e leitores vamos colocar em prática um projeto que  há muito tempo estava só no papel: Lançar o nosso próprio site de notícias.

Aos leitores;

Quero agradecer a valiosa ajuda que tive dos leitores na construção das mais diversas matérias que foram publicadas. Agradeço também as centenas de comentários inteligentes nas matérias que publiquei.

Ao amigo Flávio Marques;

Um agradecimento especial a esse jovem promissor que acreditou e confiou que eu poderia contribuir, mesmo diante das minhas limitações de tempo, com esse conceituado blog.

RADAR DO SERTÃO;

Essa será a nossa marca daqui pra frente. O RS será a extensão do Programa Show da Tarde da Rádio Cultura FM. Fazendo um jornalismo sério, responsável, dinâmico e totalmente desprendido de paixões políticas. A imparcialidade também será a nossa marca no site RADAR DO SERTÃO.

Aproveito para convidar a imprensa local e regional, falada e escrita, tabirenses e o Pajeú inteiro para prestigiarem o lançamento do site RADAR DO SERTÃO que será no dia 12 de Outubro, a partir das 19h, na Rua José Vidal. Teremos uma exposição de fotografias e palestra com o Jornalista e Fotógrafo Álvaro Severo e várias apresentações culturais com os artistas da terra. Um grande abraço a todos e conto com vocês no dia 12 de Outubro. RADAR DO SERTÃO, pode esperar que vem coisa boa!

Pressão popular funciona e abastecimento em Tabira será mantido

reuniao

Atendendo o chamado do povo de Tabira dirigentes da Compesa se reuniram com membros da comissão popular para discutirem uma saída para o abastecimento d’água no município que não fosse a velha lata d’água na cabeça.

Apesar das dificuldades ficou firmado o compromisso de se manter o abastecimento em Tabira com volume de água ainda mais reduzido de 45 litros de água por segundo para 30 litros de água por segundo. Pelo menos uma vez por mês os tabirenses terão água na torneira, o que faz a população a ser convocada para fazer um racionamento ainda mais rigoroso.

Ficou certo também que as caixas d’água irão ser mantidas como bases de apoio para aquelas localidades onde a água não esteja chegando ou para aquela família onde a água já tenha acabado antes da chegada do novo ciclo.

Outra notícia boa é que a Compesa alugou o poço da Família Olegário e com apoio firmado da prefeitura, através do Prefeito Sebastião Dias que estava na reunião, será construída de forma emergencial uma mini adutora do Sítio Mancinha, onde fica o poço, até a caixa de distribuição na sede da Compesa em Tabira para reforçar a distribuição de água.

Todos esperam que essas medidas sejam suficientes para atender o município de Tabira sem passar pela dependência total do carro pipa o que seria um retrocesso histórico para terra de Gonçalo Gomes. Viva à força do povo!

Vereador Aldo Santana denuncia que Secretaria de Educação fez compras por valores exorbitantes e que fraldas geriátricas teriam sido compradas pela Sec. De Administração

AldoO Programa Show da Tarde da Rádio Cultura FM desta segunda-feira, 10, levou aos ouvintes denúncia do Vereador Aldo Santana de que a Secretaria de Educação havia feito compras de alimentos com valores acima do normal. “Estão comprando pão por vinte e cinco centavos enquanto eu vendo sete pães por um real. Estão comprando bolo por cinco reais em uma nota, na outra nota já é dez, em outra é quatro e dezesseis e a secretária não vê isso? Bolo de trigo por dez reais em uma nota, noutra já é quatro e quatorze e em outra nota por cinco reais. A secretária não vê isso e ainda vem debochar da minha cara”, desabafou Aldo.

Além da disparidade de preços e valores diferentes apresentados nas notas pelo parlamentar, o que chamou atenção foi a denúncia de que fraldas geriátricas teriam sido compradas pela Secretaria de Administração. “Fraldas geriátricas na Secretaria de Administração! Eu vou verificar isso e gostaria que alguém viesse aqui explicar sobre essas fraldas geriátricas na Secretaria de Administração”, questionou Aldo Santana.