Após o anúncio da chapa de Marcos, Djalma critica gestão de Zé de Bira e diz que muitas águas vão rolar

Djalma

“A disputa está por um voto”, diz Djalma

O primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Tabira, Djalma Nogueira Sales (PSB), afirmou em entrevista na manhã desta terça-feira (28), na Rádio Cidade FM, que não conta apenas com o voto do vereador Aldo Santana (PCdoB). “Eu tenho outros. Eu quero dizer que me reunir no último sábado com a maioria dos vereadores. Inclusive, na reunião os vereadores querem os novatos para a presidência. Eu abro mão para Val, Nelly, Aldo, Gil e o próprio Aristóteles Monteiro”, diz.

Segundo Djalma, muitas águas vão rolar e o desejo dos vereadores é a mudança da gestão do Poder Legislativo. “Marcos Crente é a continuidade da gestão de Zé de Bira. Eu fui traído por Zé de Bira, Sebastião Ribeiro e Marcos Crente. Os vereadores podem fazer o mesmo”, revela.

Com relação a administração do presidente Zé de Bira, ele voltou a criticar. Disse que ontem os contratados foram chamados para pedir demissão a partir de 1º de novembro. “Pra onde vai o dinheiro dos salários deles nesses dois meses?”, questionou. Acrescentando que o presidente já pediu na proposta orçamentária para 2015, o valor de R$ 1.835.000,00 (um milhão, oitocentos e trinta e cinco mil reais). “Aonde foi feito algo na Câmara. Nenhuma reforma. Eu sou um homem de palavras e honro com meus compromissos. Quero dizer que a disputa está só por um voto”, desabafou.

Escute o trecho:

Clique Aqui – Entrevista de Djalma (PSB)

Deixe uma resposta