Afogados da Ingazeira volta a ter morte por Covid-19

A Secretaria de Saúde de Afogados da Ingazeira confirmou com base no resultado de RT-PCR que o município voltou a registrar um óbito por Covid-19.

A morte foi de uma senhora de 82 anos. É o primeiro óbito pós aumento da variante Ômicron no município. Ela faleceu no fim da tarde de terça-feira em Serra Talhada, no Hospital Eduardo Campos.

O sepultamento aconteceu sem velório, quarta-feira (26) a noite, na área reservada para óbitos de Covid-19 no Cemitério São Judas Tadeu. A senhora residia no Bairro Sobreira. Já havia se livrado do vírus, mas não teria resistido às sequelas. Foi imunizada mas a idade avançada a as complicações preexistentes pesaram. Ela testou positivo dia 12 de janeiro, era diabética e fazia hemodiálise em Arcoverde.

O dado será divulgado no boletim de hoje pelo que o blog apurou. Até o início da noite de ontem, era um “caso em investigação”.

O último óbito noticiado ocorreu em julho, com o resultado do exame sendo divulgado apenas em outubro. Graças à alta imunização, a proporção casos-óbitos é pequena, mas ainda suficiente para lotar as UTIs como divulgado ontem. Isso sem considerar que ainda é alto o número de pessoas que não complementaram o esquema vacinal.  Com a morte, Afogados chega a 75 óbitos por covid-19. Informações do Blog Nill Júnior.

Deixe uma resposta