Acordo exclui PT do comando de novas CPIs, dizem deputados

Do G1, em Brasília

O líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PB), afirmou nesta terça-feira (4) que os principais partidos da base aliada e da oposição fecharam um acordo com o objetivo de excluir o PT do comando das comissões parlamentares de inquérito (CPIs) que serão criadas neste mês, entre as quais a CPI do BNDES. O acerto também foi confirmado pelo deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

De acordo com os dois parlamentares, o acordo foi negociado em um jantar nesta segunda-feira (3) na residência do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que rompeu com o Palácio do Planalto e passou a integrar a oposição ao governo.

Conforme Mendonça Filho, pelo acordo, a CPI que investigará contratos de financiamento do BNDES será presidida pelo PMDB e terá como relator um parlamentar do PR. Essa comissão, a ser instalada na próxima quinta (6), é uma das que mais preocupa o Planalto.

Deixe uma resposta