ACONTECEU, VIROU NOTÍCIA!

CORTARAM A LUZ DO VELHO E ELE MORREU

O aposentado Gabriel da Silva, 75 anos, trabalhou a vida inteira pensando em descansar depois de velho. Descansou sem querer. Faleceu na tarde de ontem (03), após receber a visita de dois funcionários da Energisa, empresa que controla o fornecimento de energia elétrica no estado da Paraíba. Segundo a esposa do aposentado, Vilma Jecina da Conceição, 41 anos, os funcionários da Energisa chegaram a residência, procuraram pelo proprietário e anunciaram que iriam cortar o fornecimento de energia, pois a conta com vencimento no mês de junho, no valor de R$ 17,65, ainda não havia sido quitada. Ela disse ainda, que foi comunicado aos funcionários da empresa que a conta seria paga nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (04), no entanto, o corte foi realizado. Vilma Jecina afirmou que ambos os funcionários da empresa chegaram a insinuar que Gabriel da silva era “ladrão”, pois o varal de roupas da casa do aposentado foi construído com fios elétricos. Diante o nervosismo e acusação, o aposentado não resistiu e sofreu uma parada cardíaca. Familiares de Gabriel ainda pediram para que os funcionários da Energisa socorressem o aposentado, mas os mesmos se negaram, cortaram o fornecimento de energia e foram embora como se nada houvesse acontecido. O SAMU foi acionado, mas ao chegar ao local já encontrou Gabriel da Silva sem qualquer sinal vital. Algumas horas depois, Vilma Jecina recebeu a visita de um terceiro funcionário da empresa, que lhe entregou a quantia de R$ 300 Reais, que segundo ele, serviria para “ajudar” nas despesas do velório do aposentado e disse: “Vamos deixar tudo por isso mesmo”. Vilma Jecina diz que pretende entrar na justiça contra a empresa, no entanto não sabe a quem recorrer e como deve proceder diante da situação
Fonte:Itamar França

Deixe uma resposta