Após anúncio de José Amaral, reunião do grupão fica tumultuada

Logo após o pré-candidato a prefeito de Tabira, José Amaral, revelar que não faz mais parte do Grupão, o encontro que acontece na Fazenda Nossa Senhora dos Remédios desde às 19h30min, ficou tumultuada.

O clima continua tenso, porque os únicos nomes que conseguem unir todo o grupo não querem disputar a Prefeitura de Tabira: Josete Amaral e Paulo Manú. Fora eles, ninguém tem a unanimidade.

Grupo Independente se reuniu a portas fechadas

GI com Fernando Filho

GI com Fernando Filho

O Grupo Independente formado pelos vereadores Zé de Bira, Sebastião Ribeiro, Edmundo Barros, Marcos Crente e o suplente de vereador Vianey Justo realizaram no final da tarde desta sexta-feira(19), reunião no Gabinete da Presidência da Câmara, para afinar o discurso que o grupo deve adotar no encontro com os outros partidos que compõem o Grupão.

Para o vereador Edmundo Barros (PSB), hoje será um dia decisivo para todos que estão no Grupão. “Hoje nós teremos resultado”, resumiu o parlamentar.

Governo pode suspender aumento real do salário mínimo se gastos estourarem

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, anuncia corte no orçamento

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, anuncia corte no orçamento

Agência Estado

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, anunciou como medida extrema caso o governo não cumpra o limite de gasto público a suspensão de aumento real do salário mínimo. Ele anunciou uma proposta de imposição de um limite plurianual para a expansão das despesas em percentual do PIB. Caso o governo não cumpra os limites, a primeira ação será um contingenciamento adicional no ano corrente. Se a ação não for suficiente, três estágios automáticos são acionados, no ano seguinte, para obrigar que as despesas cumpram os limites. “Você adota esses três estágios para trazer o gasto para o limite e, se não for suficiente, eles valerão por mais de um ano”, afirmou o ministro.

O primeiro estágio será acionado quando houver previsão do descumprimento do gasto público e prevê a suspensão de concessão de novas desonerações, aumento real de despesas de custeio, aumento real das demais despesas discricionárias, realização de concursos, contratação e criação de cargos e o aumento real de salário de servidores públicos.

No segundo estágio, que só será acionado caso o primeiro não seja suficiente, o governo irá suspender a ampliação de subsídios, aumento nominal das despesas de custeio, aumento nominal de despesas discricionárias e o reajuste nominal de salários dos servidores públicos, mas obedecendo a constituição.

O terceiro e último estágio, que assim como os outros, só será adotado caso as ações anteriores não sejam suficientes, contempla, além da suspensão do aumento real do salário mínimo, a redução de despesas de benefícios aos servidores como, por exemplo, auxílio-moradia e a redução de despesas com servidores não estáveis.

De acordo com o ministro da Fazenda, o objetivo é levar as medidas ao Congresso até o fim de março. “Como estamos em discussão com estados e municípios para que eles adotem medidas semelhantes, a proposta está sendo finalizada, vamos discutir com governadores e prefeitos sobre como isso pode ser adotado para todos os estados brasileiros”, disse Barbosa.

O projeto do governo prevê que a Lei de Responsabilidade Fiscal determine a imposição, através do Plano Plurianual (PPA), do limite de expansão do gasto. Neste contexto, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) fixará o valor nominal do limite do gasto para cada ano e elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual (LOA) deverá observar esse limite de caso.

O dirigente da Fazenda ressaltou que, com as medidas anunciadas, há duas formas de acionar o contingenciamento sendo uma caso o governo detecte que não vai cumprir o primário e outra com a elevação de gastos. “Vamos fazer com que uma elevação de receita não sirva para elevar o gasto”, frisou o ministro.

Bandas

O ministro explicou ainda que a decisão de colocar uma banda de flutuação é para assegurar o cumprimento da meta fiscal caso haja frustração de receitas ou necessidade de aportar mais recursos em áreas estratégicas como saúde. Barbosa destacou que é importante sinalizar estabilidade no longo prazo. “Para a gente ter espaço no curto prazo, é preciso ter regras no longo prazo”, disse, ressaltando que o governo precisa evoluir do ajuste fiscal para a reforma fiscal. “Estamos numa fase que temos que completar o ajuste fiscal e também evoluir para a reforma fiscal. Isso envolve colocar limite para o gasto público.”

Ele afirmou que a proposta das bandas fiscais para cumprimento da meta não necessariamente se repetirá nos próximos anos. Segundo ele, o sistema que será adotado, caso haja aprovação do Congresso, tem o objetivo de absorver flutuações de receitas e ressaltou que a medida que estabelece limite de gastos não elimina a meta de superávit fiscal. O ministro justificou a apresentação da flexibilização da meta logo no início do ano. “O que gera mais insegurança é fazer mudança da meta no fim do ano sem avisar”, disse.

Nota de Esclarecimento

Caros leitores,

Na última quarta-feira (17), o blog Tabira Hoje lançou uma enquete pra ouvir os leitores sobre a escolha do candidato que deveria representar o Grupão. Decidimos restringir o voto por IP e assim foi iniciada a votação que terminaria hoje às 18h.

Entretanto, tivemos que abortar a missão, após pré-candidato Edgley Freitas comparecer na sede do Tabira Hoje e apresentar dados que comprovaram que o sistema estava sendo burlado. A exemplo: foi detectado 8 acessos simultâneos de países diferentes, o que só é possível utilizando o programa HOLA.

Para encerrar, não tivemos como identificar a pessoa ou pessoas que utilizou(aram) deste sistema.

mapa

 

UFPE divulga lista dos candidatos remanejados no Sisu

SISU-VestibularJC Online

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou nesta sexta-feira (19) a lista dos candidatos que foram classificados da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Quem tiver o nome nessa relação conquistou vaga e vai estudar na instituição.

Após a matrícula da chamada regular do Sisu, a UFPE identificou que ficaram 2.416 vagas não preenchidas, o que representou 34% do total de vagas ofertadas (6.972).

No Recife foram 1.730 vagas ociosas. No Centro Acadêmico de Vitória (CAV) houve 213 vagas não ocupadas. No Centro Acadêmico do Agreste (CAA), em Caruaru, foram 473 vagas sem terem sido preenchidas.

A Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos promete liberar, até as 17h, a lista com a distribuição dos alunos classificados por semestre.

Governo anuncia corte de R$ 23,4 bilhões no Orçamento deste ano

ministro-nelson-barbosaDiário de PE

O governo informou nesta sexta-feira que o Orçamento de 2016 será contingenciado em R$ 23,4 bilhões. O valor foi anunciado durante a apresentação da programação orçamentária e financeira do Poder Executivo para este ano. O número representa o valor definitivo para o corte. Antes, o governo havia limitado os gastos, provisoriamente, a R$ 15,4 bilhões até março.

No último dia 12, a equipe econômica havia limitado os gastos obrigatórios no primeiro trimestre a 3/18 do estimado para 2016. Caso não houvesse corte, a despesa de janeiro a março totalizaria R$ 23,1 bilhões, o equivalente a 3/12 do Orçamento total.

O governo fez o contingenciamento para tentar obter superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos em um país). O percentual representa R$ 30,5 bilhões, sendo R$ 24 bilhões do Governo Central, cujas contas são formadas pelo Tesouro Nacional, pela Previdência Social e pelo Banco Central.

Participam do anúncio da programação orçamentária os ministros Nelson Barbosa, da Fazenda, e Valdir Simão, do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Horário de verão termina à meia noite deste sábado

O decreto fixa a duração de quatro meses do horário de verão

O decreto fixa a duração de quatro meses do horário de verão

JC Online

O horário de verão termina no Brasil à meia-noite da passagem deste sábado (20) para domingo (21). Os relógios deverão ser atrasados em uma hora no Distrito Federal e em 10 estados.

A medida teve início no dia 18 de outubro de 2015. Pela legislação, prevista no decreto nº 6.558/2008, o horário de verão vigora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Tiveram mudança de horário os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

O decreto fixa a duração de quatro meses, a partir de 0h do terceiro domingo do mês de outubro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte, em parte do País

O horário de verão é mais eficaz nos Estados mais distantes da Linha do Equador, onde há uma diferença significativa na luminosidade durante a estação. Por isso, a medida não é mais aplicada nas regiões Norte e Nordeste do País.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a mudança de horário reduzirá a demanda em aproximadamente 2.610 megawatts (MW).

Ministro do STF manda soltar o senador Delcídio do Amaral

A prisão de Delcídio Amaral foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República. Foto: Geraldo Magela /Agência Senado.

A prisão de Delcídio Amaral foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República. Foto: Geraldo Magela /Agência Senado.

Diário de Pernambuco

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira a soltura do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso em novembro do ano passado. O parlamentar está custodiado no Quartel do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal.

Não há detalhes sobre a decisão, que está em segredo de Justiça. Além de Delcício do Amaral, o chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira, também foi solto.

A prisão do senador foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Segundo a procuradoria, o senador ofereceu R$ 50 mil por mês para Cerveró e sua família, além de um plano de fuga.

Segundo os procuradores, o objetivo de Delcídio era evitar que o ex-diretor fizesse acordo de delação premiada. Os fatos ocorreram em uma reunião da qual participaram Bernardo Cerveró, o ex-advogado de Cerveró Edson Ribeiro e o senador Delcídio.

Pré-candidato Edgley Freitas inicia entendimentos com o PSB

edgley_joel

Edgley se encontrou com o ex-vice-prefeito de Tabira, Joel Mariano

O caldeirão da política de Tabira está fervendo. Depois de lançar uma campanha de filiação com objetivo de fortalecer a legenda do PRB em Tabira, o pré-candidato Edgley Freitas adianta as conversações objetivando fortalecer o bloco de oposições para a disputa da sucessão do Prefeito Sebastião Dias.

Ontem, no final da tarde Edgley e outros dirigentes do PRB foram a zona rural para um encontro com o ex-vice prefeito de Tabira e um dos pré-candidatos do PSB Joel Mariano.

Falando com a produção dos Programas Rádio Vivo e Cidade Alerta, Edgley considerou positivo o encontro com o representante do PSB. Ele  negou qualquer reunião às pressas do próprio PRB para tratar de sucessão e confirmou sua presença na reunião do Grupão programada para hoje à noite em Tabira.