Lula diz que ‘grande medo’ de adversários é que ele volte em 2018

lulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (9), em entrevista à rádio colombiana Caracol, que o “grande medo” dos seus adversários é ele se candidatar novamente à Presidência em 2018, quando se encerrará o atual mandato da presidente Dilma Rousseff.

Lula cumprirá agenda na Colômbia nesta semana e, à rádio, também falou sobre a situação política do Brasil, e afirmou, sem citar um caso específico, que denúncias de corrupção são “apenas um ingrediente” para a crise política, assim como a “instabilidade política”.

“Vocês sabem, eu perdi três eleições no Brasil e toda vez que eu perdia, me preparava para as próximas. Mas me parece que os nossos adversários, que perderam quatro eleições, não se conformam. Eles fazem de tudo para evitar o que agora é o grande medo deles, que é o Lula voltar em 2018”, disse.

Lula já falou em outras ocasiões sobre as próximas eleições presidenciais. Na semana passada, em entrevista ao “SBT Brasil”, ele disse que será o candidato do PT se for preciso “defender o projeto em curso”. Em agosto, em entrevista à Rádio Itatiaia (MG), chegou a dizer que disputará a Presidência “se necessário”. (G1)

Paulo Câmara faz aceno para prefeitos com resultado do Escritório de Projetos

Paulo Câmara anunciou também pagamento de R$ 30 milhões atrasados do FEM

Paulo Câmara anunciou também pagamento de R$ 30 milhões atrasados do FEM

Do JC Online

O Escritório de Projetos, estrutura criada pelo governador Paulo Câmara (PSB), vai priorizar o financiamento de projetos da área ambiental, em sua grande maioria focados na implantação de aterros sanitários e no tratamento de resíduos solidos para as prefeituras pernambucanas. O setor vai abocanhar R$ 3,8 milhões, dos R$ 10 milhões que o Estado começará a pagar em janeiro para financiar 47 propostas em 123 municípios.

A lista de projetos financiados pelo Estado foi divulgada na tarde desta segunda-feira (9), durante um ato com prefeitos no Palácio do Campo das Princesas, onde o governador também anunciou o pagamento, até o próximo dia 25, de R$ 30 milhões atrasados do Fundo Estadual de Apoio aos Municípios (FEM). No discurso em que fez um gesto para os prefeitos, Paulo Câmara também criticou o governo federal afirmando que a União decidiu bloquear as operações de crédito para fazer um superávit que acabou não se concretizando.

Além dos 14 projetos na área ambiental, o governo também selecionou 18 propostas no setor de urbanização (R$ 3 milhões), 11 em saneamento (R$ 2,1 milhões) e 4 em saúde (R$ 874 mil). Os pojetos atendem 12 consórcios e 35 municípios em todas as regiões do Estado.

As prefeituras têm até o dia 30 de novembro para contestar o resultado. O resultado final será divulgado no dia 29 de dezembro e a assinatura do termo de adesão ocorreria no dia 15 de janeiro de 2016. A liberação da primeira parcela, de R$ 2 milhões, ocorreria já no início do próximo ano, após a assinatura do contrato com as empresas que vão executar os estudos.

Receita libera amanhã consulta ao penúltimo lote de restituição do IR

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que permite o acompanhamento das restituições

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que permite o acompanhamento das restituições

A Receita Federal libera nesta terça-feira (10) a consulta ao sexto e penúltimo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 (IRPF 2015), informa o Jornal do Commercio.

Segundo o supervisor do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, o crédito bancário será feito no dia 16. Os dois últimos lotes regulares foram programados, como em todos os anos,  para novembro e dezembro. Os contribuintes que ficarem fora das duas listas é porque caíram na malha fina por erros ou omissões na declaração.

A consulta estará disponível na página da Receita na internet ou por meio do Receitafone (146). A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que permite o acompanhamento das restituições.

Os contribuintes que não foram listados nos lotes anteriores de restituição e têm dúvida sobre os dados enviados devem verificar no extrato de processamento da declaração se não há pendência ou inconsistências que causem a retenção na malha fina. O procedimento pode ser feito no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). A Receita disponibilizou na internet um passo a passo para quem não é cadastro e deseja fazê-lo.

“É importante que as pessoas olhem o extrato para ver as pendências. Pode ser que, corrigindo, entrem no próximo lote, principalmente os que fizeram a declaração logo no começo e até agora não saíram em nenhum lote de restituição”, disse Joaquim Adir.

A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, deverá ser requerido por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição , ou diretamente no e-CAC , no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita disponibiliza um vídeo com instruções.

Em clima de festa, Joelma e Chimbinha assinam divórcio em Fórum do Recife

Joelma sai sorridente da 10ª Vara de Família

Joelma sai sorridente da 10ª Vara de Família

Joelma e Chimbinha assinaram hoje pela manhã o contrato de divórcio na 10º Vara de Família do Fórum Rodolfo Aureliano, no Recife. Em clima de festa, os fãs compareceram para apoiar a cantora, informa o Jornal do Commercio.

Os músicos usaram entradas diferentes. Às 8h20, Chimbinha, de boné e óculos escuros, chegou ao Fórum. Joelma chegou vinte minutos depois.

Dezenas de fãs, todos apoiando Joelma, também compareceram. Um grupo levou uma faixa de “chá de solteira” e champanhe Chandon para comemorar. Em coro, cantavam as músicas Agora Eu Tô Solteira (E Ninguém Vai me Segurar), de Valesca Popozuda, e Amor de Fã, parceria recente entre Joelma e a banda Musa. “Viemos aqui mostrar que apoiamos ela até o fim”, disse Willayne, que organizou a recepção pelo Facebook.

Na saída, a sorridente Joelma não deu entrevista, mas, em meio ao tumulto, ainda beijou uma fã rapidamente. Com semblante mais sério, Chimbinha falou rapidamente com a imprensa. “Tudo correu tranquilamente e quero que Deus a abençoe. Agora só falta resolver a partilha [DE BENS]. Contamos com o apoio dos nossos fãs”, afirmou o guitarrista.

Valéria Rúbia, a juíza do caso, não falou com a imprensa. O processo corre em segredo de justiça.

Prefeituras pernambucanas têm rombo de R$ 45 milhões no orçamento de novembro

Multidão de prefeitos e representantes de municípios de todo o Estado saem da Assembleia Legislativa, rumo ao Palácio das Princesas

Multidão de prefeitos e representantes de municípios de todo o Estado saem da Assembleia Legislativa, rumo ao Palácio das Princesas

Do JC Online

O repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para a primeira dezena de novembro virá 19% menor em relação ao mesmo período do ano passado, o que significa R$ 45 milhões a menos no orçamento das prefeituras pernambucanas.

Segundo o prefeito de Cumaru, Eduardo Tabosa (PSD), que é também diretor financeiro da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe)  e secretário-geral da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a notícia chegou na última sexta-feira (06) e pegou a todos de surpresa. “Seria a maior parcela do mês, necessária para que pudéssemos pagar a primeira parte do décimo terceiro salário dos funcionários e honrar outros compromissos”, conta Tabosa. “Praticamente todos os municípios estão quebrados. Ou vão pagar o décimo, ou a folha do mês”.

A preocupação maior, diz ele, é que tradicionalmente novembro e dezembro são meses em que a arrecadação tende a subir. “O FPM é sazonal. Cresce até maio, e depois cai. Num ano normal, já era para estar crescendo de novo, e não está. Isso é reflexo da crise, da baixa atividade econômica”, explica.  “É um momento difícil, porque o FPM, repassado pelo governo federal, é a maior fonte de renda dos municípios”.

Nesta segunda (09), pela manhã, prefeitos e outros representantes de 110 municípios se reuniram na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para denunciar a situação de crise que estão enfrentando. De lá, após divulgarem uma carta aberta à população e às autoridades onde  e seguiram a pé até o Palácio das Princesas, onde foram recebidos pelo governador do Estado, Paulo Câmara.

Homicídios de mulheres negras aumentam 54% em 10 anos, mostra estudo

marcha de mulheres negrasAgência Brasil

Os homicídios de mulheres negras aumentaram 54% em dez anos no Brasil, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. Enquanto, no mesmo período, o número de homicídios de mulheres brancas caiu 9,8%, saindo de 1.747 em 2003 para 1.576 em 2013. É o que aponta o Mapa da Violência 2015: Homicídio de Mulheres no Brasil, estudo elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), divulgado hoje (9).

Em 2013, 13 mulheres foram mortas por dia no país, em média, um total de 4.762 homicídios.

Nesta edição, segundo a Flacso, o estudo foca a violência de gênero e revela que, no Brasil, 55,3% desses crimes aconteceram no ambiente doméstico, sendo 33,2% cometidos pelos parceiros ou ex-parceiros das vítimas. Com base em dados de 2013 do Ministério da Saúde, ele aponta ainda que 50,3% das mortes violentas de mulheres são cometidas por familiares.

Sobre a idade das vítimas, o Mapa da Violência aponta baixa incidência até os 10 anos de idade, crescimento até os 18 e 19 anos, e a partir dessa idade, uma tendência de lento declínio até a velhice.

O país tem taxa de 4,8 homicídios para cada 100 mil mulheres, a quinta maior do mundo, conforme dados da Organização Mundial da Saúde que avaliaram um grupo de 83 países, informou a Flacso.

O Mapa da Violência é um trabalho desenvolvido pelo pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz que, desde 1998, já divulgou 27 estudos. Todos eles, segundo a Flacso, trabalharam a distribuição por sexo das violências, sejam suicídios, homicídios ou acidentes de transporte, mas em 2012, dada a relevância do tema e as diversas solicitações nesse sentido, foi elaborado o primeiro mapa especificamente focado nas questões de gênero.

Homicídios de Mulheres no Brasil

De 1980 a 2013, foram vítimas de assassinato 106.093 mulheres. Entre 2003 e 2013, o número de vítimas do sexo feminino passou de 3.937 para 4.762, incremento de 21,0% na década.

Segundo o Mapa da Violência, diversos estados evidenciaram “pesado crescimento” na década, como Roraima, onde as taxas de homicídios femininos cresceram 343,9%, ou Paraíba, onde mais que triplicaram (229,2%). Entre 2006, ano da promulgação da Lei Maria da Penha, e 2013, apenas em cinco estados registraram quedas nas taxas: Rondônia, Espírito Santo, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Vitória, Maceió, João Pessoa e Fortaleza encabeçam as capitais com taxas mais elevadas no ano de 2013, acima de 10 homicídios por 100 mil mulheres. No outro extremo, São Paulo e Rio de Janeiro são as capitais com as menores taxas.

O lançamento da pesquisa conta com o apoio do escritório no Brasil da ONU Mulheres, da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde e da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos.

O estudo completo sobre homicídio de mulheres no Brasil está disponível no site do Mapa da Violência.

Em nota, ex-secretário do planejamento desmente matéria que informa que a Prefeitura de Tabira perdeu emenda de deputado petista

DSC_3504A prefeitura de Tabira, através da assessoria de imprensa vem por meio dessa nota esclarecer a população tabirense sobre a matéria publicada na qual relata que o município perdeu emenda de 1013 do deputado Fernando Ferro (PT) no valor de R$ 250.000,00 ( duzentos e cinquenta mil reais) para calçamento de ruas no Bairro das Missões de Tabira, por falta de Projeto.

A assessoria de imprensa, sob a responsabilidade do professor e ex-secretário do planejamento, Adeval Soares, informa ao povo em geral que todo o trabalho necessário foi feito, porém o município estava no CAUC e só havia liberação para obras nas áreas de saúde e/ou Educação. Por esse motivo Tabira não se enquadrou nos critérios para aprovação do projeto.

Com a palavra o assessor de imprensa, Adeval Soares, pediu ao presidente do PT de Tabira, Tote Marques, que fosse melhor assessorado ou tivesse conhecimento da causa para não ficar jogando palavras ao vento, tentando querer se aparecer de todo jeito. “Lamento muito o Sr. Tote Marques está tão desinformado sobre a veracidade dos fatos, inclusive em 2013 não estava no Planejamento. Em 2014 quando assumi a pasta tive a informação pela assessoria do deputado, que tínhamos um prazo pra sair do CAUC, ou perderíamos a emenda. O município não tinha como sair urgentemente, naquele período, devido o enorme volume de problemas, pendências e falta de documentos, prestações de contas de uma série de convênios”. Destacou o assessor.

 “As pessoas foram prejudicadas sim, por que perderam o benefício da obra e quem mais lamentou fomos nós, pois sabemos que por conta de irresponsabilidades das gestões passadas, que não se preocuparam em fazer as coisas como manda o figurino, causaram enormes prejuízos a atual gestão”. Finalizou Adeval Soares.

Enviado por Assessoria de Comunicação

Em Tabira, Secretaria de Desenvolvimento Social Promove Curso Artesanal

IMG-20151109-WA0018

O governo de Tabira, através da secretaria municipal de Desenvolvimento Social, coordenada pela secretária e 1ª Dama, Iêda Maria Guedes de Mélo e Dias, em parceria com a coordenadoria da mulher, por meio de Sione Santos, vem implantando vários cursos no município para qualificar profissionais de habilidades artesanais, bem como melhorando e aperfeiçoando o trabalho dos artistas de diversos segmentos, como: manicure, pedicure, maquiagem, arranjos, confecção de flores artesanais, cabelereiro, doces, chocolates, ovo de páscoa, licores, bolos confeitados, docinhos, salgados, embelezamento, sobrancelhas e tranças.

Essa semana aconteceu no sítio Tanques o curso de confecção de artesanato feito com palha de milho. Foi o 1º curso realizado na comunidade e contou com a participação de muitas mulheres.

IMG-20151109-WA0019

O curso aconteceu na garagem da casa do Sr. José de Aristides e a senhora Romana, 78 anos, participou fazendo um dos mais bonitos trabalhos. – “Estou muito contente com o trabalho. Nunca tivemos nada aqui na comunidade e esse curso trouxe alegria e para todas as mulheres”. Disse a cursista.

A secretária de Desenvolvimento Social ficou muito satisfeita e sentiu-se realizada em poder oferecer oportunidades para a comunidade. – “Agradeço a todas as mulheres que participaram do curso e pela acolhida, também a oficineira Rita e me sinto realizada e muito feliz por oferecer oportunidades às comunidades mais afastadas do centro. Viemos com esse curso e vou voltar com mais outros.” Destacou a secretária Iêda Dias.

Enviado por Assessoria Comunicação

PSDC e PSDB regularizam comissões em Tabira

partidos-politicosLevantamento do Tabira Hoje mostra que dos 35 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 24 foram criados em Tabira, mas só 15 estão ativos. Os outros nove partidos contam com comissões inativas.

Durante consulta ao Sistema de Gerenciamento de Informações Partidárias, nesta segunda (08), verificamos que duas novas comissões partidárias foram regularizadas: o PSDC e PSDB, presididos pelo empresário Amaro Luiz Cordeiro do Amaral e o pelo diretor de Cultura, Pedro de Alcântara Bezerra Justo, respectivamente.

Instituições financeiras projetam inflação em 9,99%, este ano

Causas-da-inflaçãoAgência Brasil

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), chegue a 9,99%, este ano. Na semana passada a previsão era 9,91%. Esse foi o oitavo ajuste seguido na estimativa. Para 2016, a projeção sobe por 14 semanas consecutivas. De acordo com o boletim Focus, divulgado hoje (9), a estimativa passou de 6,29% para 6,47%, no próximo ano.

A projeção para o próximo ano está chegando perto do teto da meta 6,5%. O centro da meta de inflação é 4,5%. Na última quinta-feira (5), o diretor de Política Econômica do BC, Altamir Lopes, admitiu que a inflação só deve ficar em 4,5% em 2017. Lopes disse que o BC adotará as medidas necessárias para levar a inflação o mais próximo possível da meta, em 2016, e chegar a 4,5%, em 2017. O diretor também disse que não vê a possibilidade de rompimento do limite superior da meta, 6,5%, em 2016.

Anteriormente, o BC esperava chegar ao centro da meta de inflação no próximo ano. Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a taxa básica de juros, a Selic, a expectativa mudou para 2017. Na ata da última reunião do Copom, o BC diz que as indefinições e alterações significativas na meta fiscal mudam as expectativas para a inflação e criam uma percepção negativa sobre o ambiente econômico.

Para tentar levar a inflação ao centro da meta em 2016, o Copom elevou a taxa básica de juros, a Selic, por sete vezes consecutivas. Na reunião de setembro e de outubro, o Copom optou por manter a Selic em 14,25% ao ano.

A expectativa das instituições financeiras é que o Copom mantenha a Selic em 14,25% ao ano, na última reunião de 2015, marcada para os dias 24 e 25 deste mês. Para o final de 2016, a expectativa para a Selic passou de 13% para 13,25% ao ano.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao manter a Selic, o comitê indica que ajustes anteriores foram suficientes para produzir efeitos na economia.

A inflação alta vem acompanhada de recessão. A economia brasileira deve encolher 3,10%, este ano. Essa foi a 17ª piora consecutiva na estimativa para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Na semana passada, a estimativa estava em 3,05%. No próximo ano, a projeção de retração passou de 1,51% para 1,9%, no quinto ajuste consecutivo.

Na avaliação do mercado financeiro, a produção industrial deve ter uma queda de 7,4%, este ano, e de 2% em 2016.

A pesquisa do BC também traz a projeção para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que passou de 10,14% para 10,44%, este ano. Para o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), a estimativa subiu de 9,88% para 9,96%, em 2015. A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe) foi alterada de 10,02% para 10,16%, este ano. A projeção para a alta dos preços administrados passou de 16,50% para 17%, este ano, e de 6,75% para 6,95%, em 2016.

A estimativa para o dólar permanece em R$ 4, ao final deste ano, e em R$ 4,20, no fim de 2016.

Rixa em seresta termina com morte de agricultor em Tabira

Um homem de 34 anos foi morto com uma facada no peito nesse domingo (08), no bairro da Granja, em Tabira. Segundo a Polícia Militar, a GT Local e a de Solidão juntamente com a ROCAM foram informados que um homem tinha esfaqueado uma pessoa.

O policiamento chegando ao local, foi avisado por populares que a vítima J.E. da S. A., de 34 anos, casado, agricultor, estava bebendo em uma seresta realizada na Rua Antônio ribeiro Neto, momento em que envolveu-se em uma rixa com um elemento que também estava no local, quando repentinamente a vítima apareceu com uma facada na altura do peito esquerdo, sendo o mesmo socorrido para o Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto, vindo a falecer momentos depois.

O imputado evadiu-se do local em uma motocicleta BIZ tomando destino ignorado, diligências foram feitas no intuito de capturar o imputado, porém sem êxito. As pessoas que se encontrava no local não souberam informar a identidade do imputado. A ocorrência foi repassada a DP local.

Agenda de Dilma e Temer evita que Cunha assuma Presidência

Dilma_e_temerDa Folhapress

A presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer farão viagens ao exterior na próxima semana, representando o Brasil em dois continentes. Dilma vai à Turquia participar da Cúpula do G-20, e Temer comparecerá às cerimônias de comemoração pelos 40 anos da independência da Angola.

Os dois compromissos serão em dias diferentes. Caso o período de viagem fosse coincidente, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, assumiria a presidência da República. Isso ocorreria no momento em que ele enfrenta um processo no Conselho de Ética da Câmara, e avalia aceitar ou não pedidos de impeachment contra a presidente.

Temer viaja na segunda-feira (9) para Luanda. Nos dias 10 e 11, participará dos eventos oficiais de celebração pelo aniversário de independência do país africano. Depois será recebido pelo presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e pelo presidente da Assembleia Nacional, Fernando de Piedade Dias dos Santos.

A data é particularmente relevante para o Brasil, que foi o primeiro país a reconhecer a independência de Angola. O país também foi colonizado por Portugal e, por isso, além da língua, possui semelhanças culturais com os brasileiros.

O embarque de Dilma para Antalya, na Turquia, está previsto para a sexta-feira (13). Ela participa nos dias 15 e 16 de novembro da Cúpula de Líderes do G20. O G20 reúne os 19 países de economias mais desenvolvidas do mundo, além da União Europeia.

Criado em 1999, na esteira de várias crises econômicas da década de 1990, o grupo é fórum de cooperação e consulta sobre assuntos financeiros internacionais.

Em setembro, o governo turco anunciou que pretende incluir na agenda da reunião de chefes de Estado a crise de migrantes e refugiados.

Papa Francisco considera “ato deplorável” o roubo de documentos do Vaticano

papa-serioDa Agência Lusa

O papa Francisco classificou hoje (8) como “ato deplorável” o roubo de documentos internos do Vaticano e assegurou que nada o impedirá de continuar as reformas que quer realizar. “Quero dizer que o roubo desses documentos é um delito. É um equívoco e um ato deplorável que não ajuda”, afirmou o papa ao falar do desaparecimento e da divulgação de documentos do Vaticano que foram publicados em dois livros.

O inquérito sobre o caso já levou à detenção, no fim de semana passado, do sacerdote espanhol Lúcio Ángel Vellejo Balda e da italiana Francesca Chaouqui.

Após a celebração da missa de domingo, o papa dirigiu-se aos fiéis presentes na Praça de São Pedro afirmando que sabe que muitos deles estão indignados com as notícias que têm circulado nos últimos dias sobre os documentos da Santa Sé que “foram subtraídos e publicados”.

Nas primeiras palavras sobre o escândalo, o papa indicou que foi ele que pediu para se fazer o estudo sobre as finanças do Vaticano e que sabia, tal como os colaboradores mais próximos, da existência dos referidos documentos. “Tomaram-se medidas que já estão dando frutos”, assegurou.

“Quero dizer que este triste fato não me afasta do trabalho e das reformas que estamos a realizar, com os meus colaboradores, e com o apoio de todos vocês”, acrescentou dirigindo-se aos fiéis.

O papa disse ainda que “a Igreja renova-se através da oração e com a santidade cotidiana de cada batizado” e pediu aos fiéis que rezem por ele e pela Igreja e seguindo em frente com “confiança e esperança”.

O já chamado caso “Vatlileaks 2″ – em referência ao caso anterior em que foi condenado Paolo Gabriele, mordomo do papa Bento XVI, pelo roubo e divulgação de documentos – foi conhecido semana passada quando foi comunicada a detenção do padre espanhol e da italiana responsável pelas relações públicas da Santa Sé.

Ambos foram detidos no passado fim de semana no quadro da investigação sobre a divulgação dos documentos de caráter econômico considerados “reservados” pela Santa Sé e que surgiram publicados na quinta-feira nos livros Via Crucis, de Gianluigi Nuzzi, e Avarizia, de Emiliano Fittipaldi.

O sacerdote espanhol de 54 anos foi secretário da Comissão Investigadora dos Organismos Econômicos e Administrativos da Santa Sé (Cosea), que o papa instaurou para investigar o estado das finanças do Vaticano. A comissão foi extinta.

Alguns dos documentos produzidos pelos organismos foram publicados nos dois livros. Vallejo Balda, neste momento, está detido preventivamente no edifício da Gendarmaria do Vaticano. Já a ex-Relações Públicas italiana, que foi membro da Cosea, foi colocada em liberdade. Os dois esperam agora o fim das investigações preliminares.

Um comunicado do Vaticano, divulgado na semana passada, disse que as investigações continuam e que a divulgação de notícias sobre documentos reservados é “um delito” contemplado na legislação do Estado da Cidade do Vaticano e que prevê penas de até oito anos de prisão.

“Esperança vai diminuindo” em encontrar sobreviventes, diz governador de MG

fernando_pimentelAgência Brasil

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel , disse hoje (8) que a prioridade é buscar as 28 pessoas desaparecidas por causa do rompimento das barragens de rejeito da mineradora Samarco, mas que as chances de serão encontradas com vida estão diminuindo. “A gente pode, quem sabe, localizar alguém que fugiu que ficou perdido em alguma localidade, que não foi encontrado. Não quero tirar a esperança de ninguém, pode ser que a gente consiga achar alguém com vida ainda, mas a medida que o tempo vai passando a esperança vai diminuindo”, afirmou em entrevista à imprensa em Mariana (MG). O rompimento das barragens destruiu o distrito de Bento Rodrigues, que fica na zona rural de Mariana.

Dos 28 desaparecidos, 13 são funcionários de empresas que prestam serviços à mineradora Samarco, e 15 são moradores do distrito. Entre eles, um bebê de 3 meses e um homem de 70 anos. Até o momento, há confirmação de uma morte.

A causa do rompimento das duas barragens, segundo o governador, ainda não foi esclarecida. A barragem de Fundão, ressaltou, estava licenciada e não apresentava nenhuma falha aparente nesse aspecto. O governador reconheceu que é preciso melhorar os protocolos de emergência, com a exigência dos alarmes sonoros que lembrou não são obrigatórios de acordo com legislação vigente. As barragens concentravam resíduos do processo de mineração.

A ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, também está na região. Ela visitou famílias desabrigadas que foram levadas para três hotéis de Mariana e discutirá com os municípios envolvidos e com governo do Estado o cumprimento das orientações do Protocolo Nacional Conjunto para Proteção Integral a Crianças e Adolescentes, Pessoas Idosas e Pessoas com Deficiência em Situações de Riscos e Desastres, lançado em 2012. O documento traz diretrizes e orientações para a garantia plena de direitos para essas pessoas em situações de desastre como, por exemplo, garantias a benefícios socais e, no caso de crianças e adolescentes, que eles continuem frequentando a escola.

Passagem da lama

Segundo boletim divulgado hoje pelo Serviço Geológico do Brasil, primeiro indício da mudança do nível do Rio Doce na estação de monitoramento de Governador Valadares (MG) foi verificado às 11h30. A próxima estação de monitoramento a ser atingida pela onda de cheia é Tumiritinga (MG), que fica a 400 quilômetros de Bento Rodrigues. Esta onda de cheia, porém, não irá causar enchentes nos municípios que estão localizados na margem do Rio Doce, segundo as autoridades.

Ibope indica aumento da rejeição ao PT

pt_logo.jpgDo JC Online

Ocupante da Presidência da República desde o início de 2003, o PT é hoje o partido com maior rejeição no Brasil, segundo pesquisa Ibope feita na segunda quinzena de outubro. Do total de entrevistados, 38% apontaram a legenda de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff como aquela de que menos gostam. No outro extremo, 12% indicaram o PT como partido preferido – ou seja, para cada petista, há cerca de três antipetistas no País.

No ranking da rejeição, o PT não apenas está em primeiro lugar, mas é o líder disparado. Em distante segundo lugar, com 30 pontos porcentuais a menos, está o PSDB (8% de rejeição). O PMDB, com 6%, aparece em empate técnico, também na segunda colocação.

É a primeira vez que o Ibope mede a rejeição às legendas com uma pergunta específica (“de qual desses partidos você gosta menos?”). Não é possível, portanto, saber se a onda antipetista está em seu ápice. Mas há indícios de que essa tendência no eleitorado se fortaleceu desde o ano passado.

Em outubro de 2014, pouco antes da eleição presidencial vencida por Dilma, o PT tinha uma imagem “favorável” ou “muito favorável” para 41% dos eleitores, também segundo o Ibope. Outros 46% viam o partido de forma “desfavorável” ou “muito desfavorável”. De lá para cá, a parcela com opinião contrária ao PT cresceu para 70%, enquanto os favoráveis se reduziram a apenas 23%.

Outro indicador do desgaste dos petistas é a evolução da taxa de preferência pela sigla. Em abril de 2013, pouco antes da onda de manifestações de protesto pelo País, o PT era o partido preferido de 36% da população – o melhor resultado para a legenda em uma década.

Mas os protestos de rua provocaram mudanças significativas na opinião pública: em julho de 2013, a taxa de preferência pelo PT já havia caído para apenas 22%.

Desde então, apesar de ter vencido a eleição presidencial de 2014, o partido foi associado a novos episódios de desgaste, entre eles o agravamento da crise econômica e o escândalo de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.

O PSDB, partido que disputou com Lula e Dilma os segundos turnos das quatro últimas quatro eleições presidenciais, não se beneficiou diretamente da queda de popularidade de seu principal adversário.

Os tucanos também têm hoje uma imagem pior do que de outubro de 2014. Na época, segundo o Ibope, a soma de opiniões “desfavoráveis” e “muito desfavoráveis” sobre a sigla chegava a 45%. Atualmente, atinge 50%.

Por outro lado, no ranking da preferência partidária, é a primeira vez que o PSDB empata tecnicamente com o PT no primeiro lugar – mas o fenômeno se explica mais pela queda dos petistas que pela ascensão dos tucanos.

Geografia

A rejeição ao PT é maior na região Sul, onde 46% dos entrevistados apontam a legenda como aquela de que menos gostam – taxa oito pontos porcentuais superior à média nacional. Também se concentra nos setores mais escolarizados e de renda mais alta

Entre os eleitores com curso superior, a taxa de rejeição ao partido chega a 50%, mas cai para 28% entre os que estudaram até a quarta série. Na divisão do eleitorado por renda, o PT é o mais rejeitado por 46% dos que ganham mais de cinco salários mínimos, e por 28% dos que recebem até um salário mínimo.

O partido também sofre maior rejeição entre os mais jovens (43% na faixa de 16 a 24 anos) que entre os mais velhos (33% entre aqueles com 55 anos ou mais).

O Ibope ouviu 2.002 pessoas em 140 municípios do País entre os dias 17 e 21 de outubro. A margem de erro estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agricultor é vítima de tentativa de homicídio em Tabira

povoado_ararasUm agricultor, de 40 anos, foi vítima de tentativa de homicídio na noite desse sábado (07), no Povoado de Araras, em Tabira. Segundo registro da Polícia Militar, a GT foi solicitada pela permanência da 2ª CPM, informando que no posto de gasolina Auto Posto Alves, localizado no povoado do Brejinho, encontrava-se uma pessoa baleada. A guarnição deslocou-se ao endereço mencionado, e constatou o fato através do frentista, o qual informou aos policiais que a vítima havia sido socorrida para o hospital.

P.L.P.R, solteiro, relatou a PM, que seguia sentido Tabira/São José do Egito e nas proximidades do Povoado de Araras, dois elementos em uma moto não identificada acompanharam o mesmo que trafegava na Honda CG125, vermelha, 2003, KLB-3043 e efetuaram vários disparos de arma de fogo, atingindo-o de raspão as costas e as pernas. Após ser atendido no Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto, o agricultor foi liberado.

A Guarnição Tática realizou buscas no intuito de localizar os suspeitos, porém sem êxito. A ocorrência foi repassada para a Delegacia de Polícia Civil.