Temer recebe Evo Morales para encontro bilateral no Palácio do Planalto

O presidente da Bolívia, Evo Morales, foi recebido nesta terça-feira (5) pelo presidente Michel Temer no Palácio do Planalto. No final da manhã, Evo passou em revista às tropas militares, subiu a rampa do palácio e posou para fotos ao lado de Temer.

O presidente boliviano está em visita oficial ao Brasil. Ele e Temer seguiram para um encontro bilateral ampliado, uma reunião com a presença de ministros e representantes dos governos dos dois países.

Entre os temas que eles vão tratar, estão o comércio entre os dois países e a segurança na fronteira.

Conforme a Secretaria de Comunicação da Presidência, após o encontro está prevista uma cerimônia de assinatura de acordos entre os países no próprio Planalto. No início da tarde, Temer oferece um almoço a Evo no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.

A visita de Evo ao Brasil teve de ser cancelada duas vezes em razão das cirurgias pelas quais Temer passou recentemente. Em outubro, Temer realizou uma cirurgia na próstata e em novembro passou por uma angioplastia de três artérias coronárias.

Aliado dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, Evo foi um dos principais críticos do impeachment de Dilma entre os líderes de países sul-americanos. O presidente boliviano chamou o processo de “golpe” mais de uma vez. Quando Dilma foi afastada pelo Senado em 2016, por exemplo, Evo escreveu em sua conta no Twitter que o processo de impeachment era um “golpe”.

Datafolha expõe fraqueza do PSDB e governo

Pesquisa Datafolha divulgada no fim de semana mostrou o fortalecimento das candidaturas presidenciais do ex-presidente Lula (PT) e do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC). O levantamento também expôs a fraqueza eleitoral do PSDB e do governo.

Lula lidera em todos os cenários de primeiro e segundo turno. Bolsonaro fica em segundo lugar nas simulações da primeira etapa, numa posição distante dos demais colocados.

No cenário 1 do Datafolha, Lula obteve 34% de intenção de voto. Bolsonaro, 17%. A ex-senadora Marina Silva, da Rede, ficou com 9%. O ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), marcaram 6% cada um. O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que está sem partido, registrou 5%. O senador Alvaro Dias (Podemos) teve 3%.

Depois, todos com 1%, vieram o presidente Michel Temer (PMDB), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), a deputada estadual Manuela D’Ávila (PC do B-RS) e o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro (PSC). Votos brancos e nulos somaram 12%. Segundo a pesquisa, 2% não souberam responder.

Há uma tese na praça que diz que as pesquisas têm mostrado uma polarização entre esquerda e direita. Por mais que Lula seja de esquerda e Bolsonaro de direita, essas posições políticas não estão dando o tom da atual disputa. Lula e Bolsonaro têm em comum o fato de fazer oposição ao atual governo. Esse é o corte mais importante hoje.

Somadas as intenções de voto de Lula e Bolsonaro, metade dos eleitores rejeita a administração Temer. Outros candidatos com menor intenção de voto ampliariam bastante esse percentual de oposição ao governo.

Isso significa que a possibilidade de vitória de alguém do campo governista, qualquer que seja esse candidato, será difícil levando em conta o cenário de hoje.

Seria mais fácil uma novidade, um outsider como Joaquim Barbosa, ou uma política como Marina Silva, que não é identificada com o governo, ter espaço para crescer contra Lula e Bolsonaro.

Recado de Lula ao mercado: “Vão ter que me engolir”

Durante o ato de lançamento da caravana no Espírito Santo, na noite desta segunda-feira 4, o ex-presidente Lula alertou o mercado que não adianta “ficar fazendo terrorismo” sobre sua possível vitória em 2018; “Porque ‘ah, se o Lula ganhar o mercado vai ficar preocupado’. Olha, primeiro que eu não vou pedir voto para o mercado. O mercado vai precisar muito mais de mim do que eu dele”, discursou;

 “Porque o mercado sabe que quando eu cheguei na presidência a gente devia R$ 30 bilhões pro FMI. Hoje tem reservas de mais de R$ 250 bilhões e o FMI é que deve dinheiro para nós. Eles sabem que criamos milhares de empregos com carteira assinada. Eles sabem que vão ter que me engolir”, completou.

Lula disse que irá respeitar quem quiser ser candidato, pois “todo mundo tem direito”. “Eu não vou fazer que nem o Aécio, que não respeitou a vitória da Dilma”, lembrou, sobre a eleição presidencial de 2014.

Ele voltou a dizer que quer disputar com um candidato apoiado pela Globo. “Tudo o que eu quero é que eles encontrem um candidato representante do mercado e com o logotipo da Globo na testa. Se puder ter o logotipo da Globo, da Veja, da Istoé, melhor ainda. A gente vai derrotar”.

“Se a Globo quer ter candidato, que tenha coragem de dizer que a Miriam Leitão vai ser ministra da Economia, que o William Waack vai ser ministro da Igualdade Racial”, debochou.

Lula afirmou que não tem problema que ele não tenha apoio do mercado ou da mídia. “Eu tenho apoio do povo brasileiro”, concluiu.  (BR 247)

PGR denuncia Geddel Vieira Lima por lavagem de dinheiro e associação criminosa

A Procuradoria-Geral da República denunciou nesta segunda-feira (4) o ex-ministro Geddel Vieira Lima ao Supremo Tribunal Federal (STF) por lavagem de dinheiro e associação criminosa. A informação é do G1.

A denúncia se refere ao caso dos R$ 51 milhões em dinheiro vivo atribuídos a Geddel, pela Polícia Federal (PF), encontrados em malas em um apartamento em Salvador.

A PGR também acusou formalmente mais cinco pessoas: o irmão de Geddel, deputado federal Lúcio Vieira Lima; a mãe deles, Marluce Vieira Lima; o ex-assessor Job Ribeiro que trabalhava com Lúcio Vieira Lima; o ex-diretor da Defesa Civil de Salvador Gustavo Ferraz e o sócio da empresa Cosbat Luiz Fernando Costa Filho.

Agora caberá ao ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo Tribunal Federal, decidir se eles viram réus ou não.

A procuradoria aponta como possíveis fontes dos R$ 51 milhões: propinas da construtora Odebrecht; repasses do operador financeiro Lúcio Funaro e/ou desvios de políticos do PMDB.

Os procuradores também avaliam se um parcela dos R$ 51 milhões corresponde à parte dos salários de assessores que, segundo a PF, eram devolvidos aos Vieira Lima. Isso será apurado em um inquérito da Polícia Federal que investigará peculato (crime cometido por servidor público).

Na semana passada, a Polícia Federal concluiu o inquérito que investigou a participação dos acusados no caso. O documento da Polícia Federal detalha as razões pelas quais considera ilegal a origem dos R$ 51 milhões encontrados no apartamento em Salvador:

“Não é crível que uma pessoa dispusesse da absurda quantia se não houvesse o propósito de ocultar a sua existência; nem que duas figuras públicas com a inteligência do parlamentar Lúcio Vieira Lima e seu irmão Geddel, além de sua mãe, deixassem de auferir rendas se este valor estivesse devidamente declarado e formalmente inserido no sistema financeiro nacional e destacou a obrigatoriedade legal, moral e de transparência que esses representantes do povo tem de manter suas contas e finanças.”

Segundo as investigações, o dinheiro pertence a Geddel, e Lúcio Vieira Lima providenciou o apartamento onde as malas estavam guardadas.

De acordo com a PF, as impressões digitais de Gustavo Ferraz, Job Ribeiro e Geddel Vieira Lima foram encontradas nos sacos que envolviam o dinheiro. Job colaborou com as investigações. Afirmou à Polícia Federal que, a mando de Geddel e Lúcio, jogou documentos no vaso sanitário.

Tucano das reformas de Temer, Rogério Marinho defende aliança com PMDB em 2018

Enquanto a maior parte dos parlamentares do Congresso Nacional foge de temas polêmicos que podem colocar em risco suas reeleições, o deputado tucano Rogério Marinho (PSDB-RN) age de forma diferente e assume as missões do Palácio do Planalto de relatar algumas das alterações legislativas impopulares do presidente Michel Temer. Aos 54 anos, em seu terceiro mandato em Brasília, relatou por exemplo a reforma trabalhista e a revisão dos planos de saúde, cuja fase final de tramitação foi adiada duas vezes. A informação é do AE.

No momento em que o futuro da relação dos tucanos com o Planalto está sendo discutido, ele defende o apoio da bancada à reforma da Previdência e a formação de uma candidatura única de centro liderada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e apoiada pelo Planalto. “A centro-direita ainda não está ocupada. De um lado há o Bolsonaro (deputado federal pelo PSC no Rio de Janeiro) e de outro o Lula (ex-presidente da República). A ocupação será feita a partir da consolidação de uma candidatura unificada, até com apoio de outros partidos da base.” Sobre a reforma da Previdência, diz: “O momento agora é de apoiar a agenda que nós propusemos ao governo federal. Eu mesmo vou votar a favor. A maioria entende que o apoio independe de posição no governo.”

Lava Jato anuncia devolução de R$ 600 milhões à Petrobras

O Ministério Público Federal no Paraná anunciou nesta segunda-feira (4) que vai realizar a devolução de R$ 600 milhões à Petrobras, recuperados por meio de acordos de delação premiada e de leniência celebrados no âmbito da Operação Lava Jato. “Será a maior quantia já devolvida em uma investigação criminal no País”, revela a Procuradoria.

O repasse será feito na quinta-feira (7), diretamente à Petrobras durante evento com o presidente da estatal petrolífera, Pedro Parente, em Curitiba – base e origem da Lava Jato. A informação é da Estação conteúdo.

Será a quarta devolução da Lava Jato à Petrobras. Em novembro de 2016, o Ministério Público Federal no Paraná comunicou a restituição de R$ 204,2 milhões em recursos da corrupção recuperados pela Operação Lava Jato para a estatal.

A soma das três transferências anteriores bateu em R$ 500 milhões.

Câmara aprova orçamento de 2018 reduzindo para R$ 250 mil recursos para festas em Tabira

Por Anchieta Santos

Em 2º turno, a Câmara de Tabira votou e aprovou ontem o Orçamento para 2018. Inicialmente a gestão do Prefeito Sebastião Dias (PTB) sugeriu R$ 600 mil reais para a agricultura e R$ 1,6 milhão para as festas da Cultura. Os vereadores alteraram o orçamento e reduziram os valores da Cultura para R$ 250 mil. Dentro do governo a redução foi encarada como drástica.

Em contato com a produção dos programas Rádio Vivo e Cidade Alerta governistas citaram que não será impossível a gestão Sebastião Dias promover eventos como Carnaval, Emancipação, São João, Festival do Frio na Borborema, Festa de Agosto, Apoio a Missa do Poeta, sem falar nas festas das comunidades.

Os recursos antes da Cultura, foram relocados para saúde, assistência social, agricultura e subvenção para o movimento LGBT.

Petrobras aumenta preço médio do gás de cozinha em 8,9% a partir desta terça

Petrobras elevará os preços do gás liquefeito de petróleo (GLP) envasado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg, o chamado gás de cozinha, em 8,9% a partir de terça-feira (5). O reajuste foi motivado principalmente devido à alta das cotações do produto nos mercados internacionais, segundo nota enviada pela estatal.

A empresa frisou que reflexos no preço final ao consumidor vão depender de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores. O aumento não se aplica ao preço do gás destinado a uso industrial e comercial.

No ano, o preço médio do gás de cozinha no país acumula alta de 17,7%, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). O valor médio do botijão para o consumidor saltou de R$ 55,74 na primeira semana de janeiro para R$ 65,64 na semana encerrada em 2 de dezembro.

Pela nova política de preços adotada pela Petrobras desde junho, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) passou a ser revisado todos os meses.

O último reajuste feito pela Petrobras aos preços cobrados das distribuidoras ocorreu há cerca de um mês. Desde junho, foram anunciados seis aumentos e uma redução no preço do gás de cozinha. Confira todas as revisões anunciadas:

4/07: -4,5% 4/08: +6,9% 5/09: +2,2% 25/09: +6,9% 10/10: +12,9% 3/11: +4,5% 04/12: +8,9%

Preços ao consumidor

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), informou que o reajuste oscilará entre 7,3% e 9,9%, de acordo com o polo de suprimento. Pelos cálculos da instituição, o ajuste anunciado deixa o preço praticado pela Petrobras para as embalagens de até 13 quilos aproximadamente 1,3% abaixo do preço de paridade internacional.

Secretaria de Saúde realiza mais de 1.200 testes de HIV na abertura do Dezembro Vermelho

Na sexta-feira (1º), Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, a Secretaria de Saúde de Serra Talhada promoveu a abertura da campanha Dezembro Vermelho nas unidades de saúde, Centro Municipal de Saúde e Concha Acústica. Durante todo o dia foram contabilizados mais de 1.200 testes de HIV no município, além de palestras, distribuição de preservativos masculinos e femininos e gel lubrificante.

As ações de mobilização da campanha terão sequência durante todo o mês de dezembro, alertando a população para a importância da prevenção contra o vírus da AIDS. E na terça-feira, dia 19, haverá uma importante formação voltada para profissionais da área de saúde, com palestra ministrada pelo infectologista Gabriel Serrano.

“Estamos nos mobilizando e reforçando nossas ações de combate à doença, oferecendo orientação, preservativos e testes rápidos para que a população tenha a oportunidade de se prevenir ou iniciar o tratamento o mais rápido possível em caso de contaminação; além disso, entendemos que é preciso ampliar o acesso à informação e romper o preconceito acerca da AIDS, favorecendo uma qualidade de vida melhor para quem enfrenta a doença”, destaca a Gerente de Saúde e Planejamento da Secretaria de Saúde, Maina Andrada.

Prefeitura e PM reforçam segurança no Centro de Petrolina

Uma grande mobilização foi anunciada, nesta segunda-feira (04), para garantir mais segurança no Centro de Petrolina durante os festejos de fim de ano. Mais de 70 agentes da Guarda Municipal, Polícia Militar e Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) irão trabalhar exclusivamente nas ruas da área central da cidade até o dia 31 de dezembro. A articulação tem apoio também da Câmara de Dirigentes Lojistas e Sindilojas e pretende dar maior tranquilidade a milhares de petrolinenses que farão as compras de Natal e Réveillon.

Denominada Operação Papai Noel, a iniciativa contará ainda com suporte de monitoramento por câmeras de um trailer da Guarda Municipal. Também será reforçada a segurança móvel com viaturas da PM, Guarda e Ammpla. “Segurança não é uma obrigação apenas do Governo do Estado, entendemos que seja de todos nós, PM, Prefeitura, Guarda e sociedade. Por isso, estamos unindo forças com os comerciantes e as entidades de segurança para garantir a proteção de nossa cidade”, destacou o prefeito durante a solenidade de lançamento da Operação Natal.

Dezembro é o mês de maior movimentação no setor varejista. A expectativa deste ano, segundo a CDL, é de um aumento de 5% no total de vendas no Centro de Petrolina em relação a 2016.

Sesi/PE oferece 600 exames de próstata e mama gratuitos em Araripina

O Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) reforça a luta pela prevenção aos cânceres de próstata e mama no Sertão. Serão oferecidos 600 exames gratuitos em Araripina. O atendimento começa, nesta segunda (04) e vai até quinta-feira (07). Confira o cronograma abaixo. Os exames acontecem sempre das 8h às 13h, na unidades do Sesi na cidade. Mais informações pelo telefone: (87) 3873.1087.

“Essa ação faz parte do compromisso social do Sesi/PE em promover a qualidade de vida da população, especialmente do trabalhador da indústria. Por isso, temos atuado firmemente em facilitar o acesso de homens e mulheres aos exames necessários para obter um diagnóstico precoce do câncer de próstata e mama, que aumenta as chances de cura em 90% e reduz as sequelas do tratamento”, afirma o superintendente da entidade, Nilo Simões.

Para prevenir o câncer de próstata, serão realizados os exames de ultrassonografia e, se necessário, o PSA, exame de sangue que complementa o diagnóstico da doença. Já para as mulheres serão oferecidos o ultrassom da mama e, quando precisar, mamografia, para fechar o diagnóstico.

Podem realizar os exames, qualquer pessoa a partir de 40 anos, mas os trabalhadores da indústria terão prioridade no atendimento. Quem tiver menos de 40 anos poderá realizar os exames, desde que possua encaminhamento médico. No caso do exame de próstata, será necessário fazer jejum de 4h.

Para ser atendido basta apresentar o CPF, a carteira de trabalho ou o crachá da empresa onde atua para provar que é trabalhador da indústria.

Estado – Além do Sertão, o Sesi/PE já realizou outros 1.640 exames em Recife, Camaragibe e Paulista, na Região Metropolitana; Goiana, na Zona da Mata; Belo Jardim e Caruaru, no Agreste. Até o final do ano serão oferecidos outros 2.550 mil exames de mama e próstata para as cidades de Moreno e Recife, na RMR e Escada, na Zona da Mata do Estado. “Pretendemos retornar ao Sertão e beneficiar outras cidades com mais exames de prevenção à essas doenças no próximo ano”, revela o superintendente. “Quando tivermos o cronograma pronto, divulgaremos”, conclui.

Shopping RioMar recebe evento para celebrar o lançamento de livro inédito de Ariano Suassuna

Considerado um dos maiores escritores e dramaturgos contemporâneos brasileiros, Ariano Suassuna sempre procurou realçar a cultura popular por meio de sua produção literária e artística. Um exemplo é o Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores, recém-lançado pela editora Nova Fronteira, livro inédito do autor paraibano, concluído pouco antes de sua morte e dividido em dois volumes, O Jumento Sedutor e O Palhaço Tetrafônico.

Para celebrar o lançamento, acontece na Livraria Cultura do Shopping RioMar, em Recife, cidade que o autor paraibano adotou como sua casa, no dia 9 de dezembro, às 15h, o evento Debate Espetaculoso – O Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores e Nós, que discutirá vida, obra e o livro inédito de Suassuna. A mesa contará com a presença de Manuel Dantas Suassuna, filho de Ariano, como mediador, e os pesquisadores Carlos Newton Júnior, Ricardo Barberena e Ester Suassuna.

Serviço:

Debate Espetaculoso – O Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores e Nós

9/12, às 15h

Livraria Cultura Shopping RioMar

Av. República do Líbano, 251, Pina, Recife

Evento gratuito

Sobre a Nova Fronteira: A Nova Fronteira é considerada referência em qualidade editorial, além de ser uma das editoras mais respeitadas do país. Adquirida pela Ediouro em 2006, abriga em seu catálogo cerca de 3 mil títulos de autores consagrados da literatura nacional (João Guimarães Rosa, Ariano Suassuna, Rubem Fonseca, Nelson Rodrigues, Carlos Heitor Cony, Caio Fernando Abreu, Millôr Fernandes) e internacional (Simone de Beauvoir, Jean-Paul Sartre, T.S. Eliot, Bertrand Russell), assim como grandes nomes da literatura brasileira para crianças e jovens (Maria Clara Machado, Sylvia Orthof, Roger Mello, Walmir Ayala, Rui de Oliveira) e traduções primorosas de clássicos universais (por Barbara Heliodora, Ivo Barroso, Ivan Junqueira).

Mesmo com decisão favorável do STF ao Mais Médicos, governo Temer ainda quer destruí-lo, alerta Humberto

Extremamente satisfeito com a validação do Supremo Tribunal Federal (STF) ao Mais Médicos, programa criado por Dilma que revolucionou a área de saúde, principalmente nos rincões do país, e beneficiou mais de 70 milhões de brasileiros, o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), alertou, nesta segunda-feira (4), que o governo Temer segue determinado a desmontá-lo.

O senador deu como exemplo Mendonça Filho (PE), ministro da Educação de Temer, que é do DEM e foi uma das vozes que queriam destruir o Mais Médicos quando foi lançado, em 2013: “é um ativo agente desse governo nefasto comprometido com o atraso e com o fim dos avanços sociais conquistados”.

Para Humberto, a estratégia do governo é asfixiar o programa, tomando iniciativas como a de proibir novos cursos de medicina pelos próximos cinco anos.

“As ações de Mendonça no MEC contra o ProUni, o Fies, o Ciência sem Fronteiras e, mais recentemente, contra o Mais Médicos, demonstram bem isso. É dele a recente portaria que  suspende a abertura de novas vagas em medicina no Brasil durante meia década, devolvendo o país à condição de escassez profissional da qual Dilma o tentou retirar”, afirmou.

O parlamentar acredita que Mendonça, que ontem foi vaiado em um cinema no Recife num evento que promoveu como ministro, “é um testa de ferro do setor privado da educação no Brasil, que coloca a pasta a serviço de interesses escusos, que enchem o bolso dos empresários e prejudicam toda a população”.

O senador avalia que o ministro terá mais dificuldades na sua missão de exterminar o Mais Médicos, tendo em vista a decisão do STF.  Para o líder da Oposição, a Corte estabeleceu um marco legal para assegurar a total juridicidade e correção do programa e, mais do que isso, demostrou que Dilma estava certa quando contrariou interesses políticos e de entidades de classe para agir em favor da população.

“É uma expressiva vitória de um programa que levou assistência básica à saúde de mais de 70 milhões de brasileiros em todo o território nacional, com a distribuição de mais de 11 mil profissionais levados até mesmo a distritos indígenas longínquos”, declarou.

Humberto lembrou que o acordo internacional firmado pelo Brasil com Cuba por meio da Organização Pan-americana de Saúde garantiu a vinda de mais de dez mil profissionais cubanos em caráter humanitário “e, não à toa, houve grande resistência das entidades de classe, que pensaram mais no corporativismo do que na assistência aos mais pobres”.

“Eles foram satanizados, discriminados, hostilizados da forma mais odiosa possível desde a chegada ao país nos aeroportos até o desempenho das suas funções nos locais para onde foram designados. Hoje, depois de um belo trabalho, são um sucesso para o povo”, resumiu.